PUBLICIDADE
IPCA
-0,38 Mai.2020
Topo

Crescimento econômico da Rússia no 1° tri desacelera a 1,6% antes de entrar em contração

19/05/2020 14h38

MOSCOU (Reuters) - O crescimento econômico da Rússia desacelerou para 1,6% no primeiro trimestre, mostraram dados preliminares nesta terça-feira, antes de cair em uma contração projetada para o segundo trimestre causada pelos bloqueios que visam conter o surto de coronavírus.

A economia da Rússia sofreu um golpe duplo em março e abril, tanto da pandemia de coronavírus -- que paralisou boa parte da atividade comercial -- como de uma queda nos preços globais do petróleo, sua principal exportação.

A avaliação preliminar divulgada pelo Serviço Federal de Estatística da Rússia nesta terça-feira ficou abaixo das expectativas de crescimento de 1,9% em uma pesquisa da Reuters com analistas, e mostrou desaceleração ante crescimento de 2,1% registrado nos últimos três meses de 2019.

Antes do surto de Covid-19, esperava-se que o crescimento econômico na Rússia ganharia força em 2020, acelerando ante alta de 1,3% registrada em 2019 graças ao programa de gastos estatais do novo governo.

Os dados do primeiro trimestre não capturaram as paralisações que a Rússia começou a impor no final de março.

Os números do segundo trimestre "serão muito piores e, com o surto de vírus fora de controle e apoio fiscal limitado, o risco de uma recuperação econômica mais lenta do que prevemos está aumentando", disse a empresa de pesquisa Capital Economics.

O banco central afirmou que a economia dependente de commodities da Rússia pode recuar até 8% na comparação ano a ano no segundo trimestre e contrair entre 4% e 6% em todo o ano de 2020.

(Por Andrey Ostroukh e Elena Fabrichnaya)

Economia