PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Reino Unido introduzirá controles de fronteira para bens da UE em etapas a partir de 2021

As empresas têm pedido mais clareza por parte do governo sobre quais controles de fronteira entrarão em vigor - PA Media via BBC
As empresas têm pedido mais clareza por parte do governo sobre quais controles de fronteira entrarão em vigor Imagem: PA Media via BBC

Em Londres (Inglaterra)

12/06/2020 10h53

O Reino Unido disse hoje que introduzirá controles de fronteira em etapas sobre produtos da União Europeia após o final do período de transição do Brexit, em tentativa de amenizar o golpe para as empresas britânicas que já estão tendo de enfrentar a pandemia de coronavírus.

Revertendo um plano original de impor controles de fronteira completos sobre as importações provenientes da UE para o Reino Unido a partir do próximo ano, o governo disse que introduzirá as mudanças em etapas até 1º de julho de 2021, dando às empresas mais tempo para lidar com a burocracia.

As empresas têm pedido há muito tempo por mais clareza por parte do governo sobre quais novos controles de fronteira entrarão em vigor no final deste ano, quando o período de transição do Brexit termina.

A partir de janeiro de 2021, os comerciantes britânicos que importam mercadorias padrão, como roupas e eletrônicos, precisarão manter registros suficientes de mercadorias importadas, mas terão até seis meses para concluir as declarações alfandegárias.

Tarifas precisarão ser pagas, mas os pagamentos podem ser adiados até que as declarações aduaneiras sejam feitas, e as empresas precisarão considerar como vão pagar o imposto sobre valor agregado sobre as mercadorias importadas.

"O anúncio de hoje é um passo importante para preparar o país para o final do período de transição, mas ainda há mais trabalho a ser feito", disse o ministro do Gabinete britânico, Michael Gove, em comunicado.