PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

S&P 500 fecha quase estável com salto em casos de Covid-19 e dados econômicos

18/06/2020 17h17

Por Stephen Culp

NOVA YORK (Reuters) - O índice S&P 500 encerrou com alta nominal nesta quinta-feira, dia em que investidores avaliaram ressurgimento de infecções por coronavírus e possibilidade de nova rodada de fechamento de atividades empresariais, além de dados sugerindo que a economia dos Estados Unidos pode não mostrar recuperação em "V".

Todos os três principais índices de ações dos EUA oscilaram em intervalo estreito durante a maior parte do dia, mas o S&P encerrou a sessão no campo positivo, juntamente com o Nasdaq, que tem forte peso em ações de empresas de tecnologia.

O Dow Jones, composto por blue chips, perdeu terreno.

"O mercado está procurando o próximo grande impulso", disse Chuck Carlson, presidente-executivo da Horizon Investment Services em Hammond, Indiana. "Existem muitos impulsos no mercado para investidores considerarem, analisarem e levarem em conta para descobrirem a próxima direção."

Os pedidos iniciais do auxílio-desemprego caíram levemente na semana passada, mas para um número ainda contundente de 1,51 milhão, segundo o Departamento do Trabalho. O dado veio pior que o consenso, e as reivindicações contínuas permanecem resistentemente altas, em 20,54 milhões, sugerindo que o mercado de trabalho tem um longo caminho para recuperação.

O Dow Jones recuou 0,15%, para 26.080,1 pontos, o S&P 500 teve variação positiva de 0,06%, para 3.115,34 pontos, e o Nasdaq Composite acrescentou 0,33%, para 9.943,05 pontos.