PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Grandes BCs vão reduzir a frequência de operações de financiamento em dólares, diz Banco do Japão

19/06/2020 08h54

Por Leika Kihara

TÓQUIO (Reuters) - Grandes bancos centrais na Europa e no Japão reduzirão a frequência de suas operações de fornecimento de liquidez de sete dias em dólar a partir de julho, à medida que a tensão do mercado causada pela pandemia de coronavírus diminui, disse o Banco do Japão nesta sexta-feira.

Em vista das melhorias nas condições de financiamento em dólares e após consulta com o Federal Reserve, o Banco da Inglaterra, o Banco do Japão, o Banco Central Europeu e o Banco Nacional Suíço decidiram conjuntamente reduzir a frequência de suas operações de sete dias, de diariamente para três vezes por semana, informou o Banco do Japão em comunicado.

A mudança entrará em vigor no dia 1º de julho, afirmou.

"Esses bancos centrais estão prontos para reajustar a provisão de liquidez em dólares, conforme justificado pelas condições do mercado", afirmou o comunicado.

"As linhas de swap entre esses bancos centrais estão disponíveis e servem como uma importante liquidez para aliviar as tensões nos mercados globais de financiamento", afirmou.

Em uma tentativa de lidar com a turbulência do mercado causada pela pandemia, o Fed em março aumentou a frequência das operações com vencimento em sete dias de semanal para diária, como parte de seus acordos de linha de swap com os principais bancos centrais.

O dólar estava em grande demanda em março e a oferta era apertada, mas as condições se estabilizaram recentemente após uma série de medidas tomadas pelos principais bancos centrais para aliviar o nervosismo do mercado devido às consequências da pandemia.