PUBLICIDADE
IPCA
0,26 Jun.2020
Topo

Credit Suisse fecha acordo para comprar até 35% do modalmais

23/06/2020 09h13

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O Credit Suisse assinou acordo com o Banco Modal para adquirir até 35% da participação do capital total do banco digital modalmais, a fim de explorar sinergias entre seus produtos e serviços de investimentos, de acordo com anúncio nesta terça-feira, que não detalhou o valor da operação.

O modalmais continuará a ser controlado pelo seu fundador, Diniz Ferreira Baptista, e por seus principais executivos, incluindo os co-CEOs, Cristiano Ayres e Eduardo Centola. O banco suíço poderá adquirir ações preferenciais equivalentes a até 35% da participação do capital total.

"Este anúncio reforça nosso forte comprometimento com nossos clientes brasileiros e nossa ambição de crescimento neste mercado prioritário", afirmou o presidente-executivo da divisão de International Wealth Management do Credit Suisse, Philipp Wehle, no comunicado.

"Esta transação nos possibilitará melhorar a maneira como servimos nossos clientes digitalmente, enquanto ganhamos acesso a segmentos adicionais de clientes em um ambiente com altas taxas de crescimento", acrescentou.

Baptista, sócio fundador do modalmais, destacou que o acordo com o Credit Suisse é a maior chancela que o modalmais poderia alcançar neste ponto de sua trajetória.

"O modalmais está preparado para atingir patamares ainda mais elevados de crescimento no curto prazo. E o que é mais importante: a plataforma terá muito mais a oferecer à sua base crescente de clientes com a experiência e sofisticação do Credit Suisse", afirmou.

Entre as sinergias que podem ser exploradas estão a distribuição para a base de cerca de 1 milhão de clientes do modalmais, dos produtos do Credit Suisse, tais como notas estruturadas, fundos, operações de crédito, ofertas de ações, dentre outros.

Criado 2015, o modalmais tem aproximadamente 10 bilhões de reais sob custódia e disponibiliza em sua plataforma acesso a mais de 400 fundos de cerca de 140 gestores diferentes, num total de 700 produtos disponíveis para os investidores.

O anúncio vem um dia após o Banco BTG Pactual anunciar oferta bilionária de units, que prevê a alocação dos recursos para acelerar iniciativas estratégicas e o crescimento da sua plataforma de varejo digital.

Economia