PUBLICIDADE
IPCA
-0,38 Mai.2020
Topo

BC do México corta juro em 50 pontos-base, para 5%

25/06/2020 15h28

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - O banco central do México informou nesta quinta-feira que reduziu sua principal taxa de juros em 50 pontos-base, para 5,0%, em decisão unânime de seus cinco membros do conselho, citando riscos ao crescimento e à inflação estável no curto prazo.

A decisão veio em linha com expectativas de analistas em pesquisa da Reuters.

O México tem sido atingido pela pandemia do coronavírus, com o Fundo Monetário Internacional (FMI) prevendo que a segunda maior economia da América Latina pode encolher até 10,5%, maior recuo desde a década de 1930.

O Banxico, como é conhecido o banco central do México, disse que "o balanço de riscos para o crescimento permanece significativamente inclinado para o lado negativo".

O banco disse que a inflação pode encerrar próxima da meta, de 3% em 2020 e enxerga a inflação no médio e longo prazo relativamente estável, mas "em níveis acima de 3%".

Mas as perspectivas gerais para a inflação permanecem "incertas", acrescentou o banco.

(Por Redação Cidade do México)

Economia