PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Wall St fecha em alta em sessão instável com força de bancos compensando receios sobre vírus

25/06/2020 17h19

Por Sinéad Carew

NOVA YORK (Reuters) - Os principais índices de Wall Street encerraram em alta ao fim de um pregão volátil nesta quinta-feira, com ações de bancos disparando antes da divulgação de resultados dos testes anuais de estresse e ajudando a compensar nervosismo de investidores por causa de aumentos alarmantes em novos casos de coronavírus.

O subíndice do S&P 500 para bancos, que sofreu quedas recentemente, liderou os ganhos da sessão depois que os reguladores bancários norte-americanos afrouxaram regras, enquanto investidores esperam pelos resultados do teste anual de estresse do setor, que ajuda a determinar as políticas de dividendos.

Mas investidores permaneceram nervosos ao longo do dia, à medida que o número de novos casos de vírus em Estados norte-americanos aumentou, especialmente no oeste e no sul do país.

Perto do fim da sessão, as ações patinaram depois que a Apple anunciou a fechamento de 14 lojas na Flórida novamente por causa do aumento dos casos de Covid-19, após outros novos fechamentos em Houston, Arizona, Carolina do Sul e Carolina do Norte.

Embora as ações de bancos tenham dado o maior impulso na quinta-feira, Michael James, diretor-geral de negociação de ações da Wedbush Securities em Los Angeles, disse que investidores estão comprando amplamente na baixa após a retração das ações na quarta-feira.

"Nenhum desses problemas que causou a fraqueza de ontem foi realmente resolvido hoje", disse James. "Você poderia argumentar que o mercado poderia estar em queda. A razão pela qual não estamos é que ainda há algum entendimento de que as coisas terão um final mais feliz em algum momento".

O índice Dow Jones subiu 1,18%, para 25.745,6 pontos. O S&P 500 ganhou 1,10%, para 3.083,76 pontos. E o Nasdaq Composite somou 1,09%, para 10.017,00 pontos.

(Reportagem adicional de Medha Singh e Devik Jain em Bengaluru)