PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Merkel quer rápido acordo da UE sobre recuperação econômica para fortalecer unidade

08/07/2020 13h34

Por John Chalmers e Joseph Nasr

BRUXELAS/BERLIM (Reuters) - A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, pediu nesta quarta-feira um rápido acordo sobre o estímulo econômico em massa da União Europeia (UE) para promover a união que fortaleceria o bloco à medida que se recupera da crise de coronavírus.

Em declarações a parlamentares europeus em Bruxelas, enquanto a Alemanha assume a presidência da UE até o final do ano, Merkel considerou a pandemia o maior desafio de todos os tempos para o bloco. A economia da zona do euro deve registrar tombo recorde de 8,7% este ano.

"Todos sabemos que minha visita hoje está ocorrendo no contexto do maior desafio que a União Europeia já enfrentou em sua história", disse ela em sua primeira viagem ao exterior desde que o coronavírus surgiu na Europa.

"A Europa emergirá da crise mais forte do que nunca se fortalecermos a coesão e a solidariedade", acrescentou enquanto parlamentares --todos usando máscaras-- estavam sentados e separados por lugares vazios.

Merkel disse que suas prioridades incluem apoiar direitos fundamentais que a emergência de saúde tem ameaçado. Ela também destacou a necessidade de solidariedade entre os 27 países da UE, com o bloco sob teste nos últimos meses conforme governos agiram sozinhos para garantir kits médicos ou reforçar suas fronteiras.

"Queremos chegar rapidamente a um acordo, vimos uma grande perturbação econômica e não podemos perder tempo", disse ela. "Espero que cheguemos a um acordo antes do recesso de verão (na Europa)."

(Reportagem de Thomas Escritt e Philip Blenkinsop)