PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Wall St cai com disparada em casos de Covid-19 contendo esperanças de recuperação econômica

09/07/2020 10h41

(Reuters) - Os índices de ações dos Estados Unidos caíam num volátil pregão desta quinta-feira, conforme receios de outro bloqueio para conter um salto em casos de coronavírus ofuscavam dados apontando tendência de declínio nos pedidos semanais de auxílio-desemprego.

Os mais recentes números do Departamento do Trabalho sobre a economia mostraram que 1,31 milhão de norte-americanos entraram com pedido de auílio-desemprego do governo na última semana, ante 1,43 milhão na semana anterior.

No entanto, o mercado de trabalho permanece frágil, e os Estados Unidos registraram mais de 60 mil novas infecções por Covid-19 na quarta-feira, estabelecendo um recorde global diário global.

"Estamos atingindo níveis de desemprego que provavelmente persistirão até que ocorra uma reabertura mais verdadeira, seja com uma vacina, um novo tratamento ou com o tempo", disse Jamie Cox, sócio-gestor do Harris Financial Group em Richmond, Virgínia.

Às 12:17 (horário de Brasília), o índice Dow Jones caía 1,79%, a 25.600 pontos, enquanto o S&P 500 perdia 1,404758%, a 3.125 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuava 0,75%, a 10.414 pontos.

Todos os 11 principais setores de S&P 500 operavam em queda, com segmentos financeiro e industrial liderando as baixas.

(Por Medha Singh e C Nivedita in Bengaluru)