PUBLICIDADE
IPCA
0,36 Jul.2020
Topo

Brasil registra 20.286 novos casos de coronavírus e mais 733 mortes

13/07/2020 19h01

Por Gabriel Araujo

SÃO PAULO (Reuters) - O Brasil registrou nesta segunda-feira 20.286 novos casos de coronavírus, o que eleva o total de infecções no país a 1.884.967, e mais 733 óbitos em decorrência da Covid-19, atingindo uma contagem total de 72.833 mortes, informou o Ministério da Saúde

As segundas-feiras costumam apresentar números menores de casos e óbitos no país, em função do atraso para processamento de testes durante os finais de semana.

Na semana passada, por exemplo, foram notificados 620 mortes e cerca de 20 mil casos na segunda, mas o país superou 40 mil casos e 1 mil óbitos registrados em 24 horas nos dias seguintes.

O Brasil é o segundo país do mundo com maior número de casos e mortes por Covid-19, atrás apenas dos Estados Unidos.

Estado mais afetado pela doença no Brasil, São Paulo atingiu as marcas de 374.607 casos e 17.907 mortes, embora o governo paulista tenha anunciado nesta segunda-feira que registrou queda no número de óbitos nas últimas três semanas.

"A menor taxa de mortalidade da série histórica... São boas notícias, mas que devem ser celebradas com muita moderação e com muita solidariedade", disse o governador João Doria (PSDB) em entrevista coletiva, na qual o governo divulgou a liberação para retomada parcial de atividades presenciais em instituições de ensino superior e profissionalizante.

Na sequência da lista por Estados divulgada pelo Ministério da Saúde vêm Ceará e Rio de Janeiro. Embora o Estado nordestino tenha um número mais elevado de casos (137.206 infecções ante 132.044 casos no RJ), o Rio possui contagem maior de óbitos (11.474 mortes ante 6.947).

Pará e Bahia completam o grupo dos cinco Estados brasileiros que ultrapassaram a marca de 100 mil casos da doença.

Há no país, ainda segundo o ministério, 1.154.837 pacientes recuperados e 657.297 em acompanhamento.

A taxa de letalidade da doença no Brasil é de 3,9%.

Veja um gráfico de casos pelo mundo: https://graphics.reuters.com/CHINA-HEALTH-MAP/0100B59S43G/index.html