PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Wall Street sobe com esperanças de vacinas e lucro do Goldman

15/07/2020 11h45

Por Medha Singh e Devik Jain

(Reuters) - Wall Street avançava nesta quarta-feira, com o S&P 500 rondando máxima em mais de quatro meses, após forte lucro trimestral do Goldman Sachs e dados iniciais promissores para uma potencial vacina contra a Covid-19.

O banco norte-americano saltava 2,9%, pois sua receita comercial dobrou no segundo trimestre, impulsionada por grandes oscilações nos mercados de ações e títulos desde março.

O Morgan Stanley ganhava 2,0% e o Bank of America subia 1,9% antes dos resultados na quinta-feira, que encerrarão a temporada de resultados dos seis grandes bancos dos Estados Unidos. O índice de bancos do S&P 500 avançava 2,7%.

Os setores de energia, industrial e financeiro lideravam os ganhos entre os principais setores do S&P.

"Resultados melhores que o esperado ajudam o sentimento porque estamos em um ambiente em que as expectativas ficaram muito baixas", disse Stephen Lee, gerente de portfólio da Logan Capital Management.

Os três principais índices de ações dos EUA recuperavam a maior parte de suas perdas relacionadas ao coronavírus, com uma série de medidas de estímulo e dados econômicos encorajadores elevando o S&P 500 a 5% de sua máxima recorde em fevereiro.

O medidor de medo de Wall Street caía pelo segundo dia consecutivo depois de disparar na segunda-feira em meio a um aumento recorde nos casos de coronavírus nos EUA.

Às 11:44 (horário de Brasília), o índice Dow Jones subia 1,37%, a 27.007 pontos, enquanto o S&P 500 ganhava 1,046123%, a 3.231 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançava 0,86%, a 10.579 pontos.

(Reportagem de Medha Singh)