PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Refinarias na China têm produção recorde em junho com recuperação na demanda

16/07/2020 08h46

Por Muyu Xu e Chen Aizhu

PEQUIM/CINGAPURA (Reuters) - O processamento diário de petróleo por refinarias na China em junho cresceu 9% na comparação com mesmo mês do ano anterior, tocando o maior nível já registrado, à medida que refinarias elevaram atividades em meio a boas margens e a uma recuperação na demanda por gasolina e diesel.

A China processou 57,87 milhões de toneladas de petróleo no mês passado, segundo dados do Escritório Nacional de Estatísticas nesta quinta-feira, o equivalente a cerca de 14,08 milhões de barris por dia (bpd). Isso ficou acima dos 13,68 milhões de bpd em maio e superou um recorde anterior de dezembro passado.

No primeiro semestre, o processamento totalizou 319,09 milhões de toneladas, o equivalente a cerca de 12,8 milhões de bpd, alta de 0,6% ante mesmo período do ano passado.

As refinarias aumentaram o processamento no segundo trimestre, com um início de recuperação na demanda doméstica por combustíveis, após fortes cortes de produção em fevereiro e março, quando a epidemia de coronavírus teve seu pico na China.

"O processamento das refinarias foi elevado em junho porque tanto as refinarias estatais quanto as independentes maximizaram as taxas de utilização para capitalizar as boas margens", disse o consultor Chen Jiyao, da FGE, antes da divulgação dos números.

Os dados oficiais também mostraram que a produção de petróleo da China avançou 0,7% em junho na comparação anual, para 3,95 milhões de bpd. Entre janeiro e junho, a alta foi de 1,7% na comparação anual.

A produção de gás natural avançou 11,3% ano a ano e acumulava incremento de 10,3% no primeiro semestre.