PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Ibovespa renova máxima da sessão após Fed em dia cheio de balanços

29/07/2020 15h28

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa renovou máxima da sessão nesta quarta-feira, após o Federal Reserve reiterar promessa de usar sua "gama completa de ferramentas" para sustentar a economia dos Estados Unidos, em sessão também marcada por balanços de empresas brasileiras.

Às 15:23, o Ibovespa subia 1,2 %, a 105.361,71 pontos. Na máxima, logo após a divulgação do comunicado do Fed, chegou a 105.433,16 pontos. O volume financeiro era de 19,7 bilhões de reais.

Autoridades do banco central norte-americano afirmaram em comunicado ao final de sua reunião de política monetária que a atividade econômica e o emprego aceleraram um pouco nos últimos meses, mas seguem bem abaixo de seus níveis no começo de 2020.

Todos os membros do comitê de política monetária do Fed votaram por deixar a meta da taxa de juros de curto prazo entre zero e 0,25%, intervalo no qual está desde 15 de março, momento em que o novo coronavírus estava começando a atingir o país.

Da cena corporativa, CSN ON avançava 6,5%, após lucro líquido de 446 milhões de reais no segundo trimestre, ante prejuízo de 1,3 bilhão um ano antes, bem como sinalização de que elevará preços entre agosto e setembro.

Santander Brasil Unit subia 3,2%, na ponta positiva, mesmo após queda de 41% no lucro do segundo trimestre, principalmente por causa de provisões adicionais, com o banco dizendo que são suficientes para atravessar a crise.

Minerva ON caía 2,8%, entre os destaques negativos apesar do lucro líquido de 253,4 milhões de reais no segundo trimestre, ante prejuízo de 113,3 milhões um ano antes, com desempenho operacional recorde.

Cielo também era destaque de baixa, com declínio de 2,3%, após prejuízo trimestral, afetado pela pandemia, enquanto ajusta estrutura de custos e de capital para enfrentar um cenário de forte queda dos resultados.