PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Cemig aprova pagamento de R$764,2 mi em dividendos

31/07/2020 18h08

SÃO PAULO (Reuters) - A elétrica mineira Cemig informou que foi aprovada em assembleia geral nesta sexta-feira proposta para a distribuição de 764,2 milhões de reais aos acionistas como dividendos mínimos obrigatórios referentes ao ano de 2019.

De acordo com ata da reunião divulgada pela companhia, será realizado até 30 de dezembro o pagamento em duas parcelas do montante de 400 milhões de reais em juros sobre o capital próprio (JCP) para acionistas que estavam registrados em 23 de dezembro de 2019.

Além disso, 364,2 milhões de reais serão distribuídos a título de dividendos, no mesmo prazo, até o final do ano. Serão contemplados os acionistas presentes nos registros da empresa na data da assembleia.

Foi aprovada ainda a destinação de 834,6 milhões de reais para reserva de lucros a realizar, 1,5 bilhão para reserva de retenção de lucros, visando garantir investimentos da companhia previstos para 2020, e 18,25 milhões para reserva de incentivos fiscais.

A assembleia também aprovou a composição do conselho de administração da empresa. O colegiado contará com Márcio Luiz Simões Utsch, Antônio Rodrigues Junqueira, Cledorvino Belini, ex-CEO da empresa, José Reinaldo Magalhaes e Afonso Henriques Moreira Santos, indicados pelo governo mineiro, acionista majoritário.

José João Abdalla Filho, Marcelo Gasparino da Silva e Paulo Cesar de Souza e Silva foram indicados pelos acionistas preferencialistas e minoritários, respectivamente, enquanto Marco Aurélio Dumont Porto foi eleito como representante dos empregados.

(Por Gabriel Araujo)