PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

S&P 500 e Dow Jones quebram série de 7 altas por maior preocupação com acordo sobre estímulo

11/08/2020 17h08

Por Caroline Valetkevitch

(Reuters) - Os mercados de ações dos Estados Unidos fecharam em queda nesta terça-feira, com os índices S&P 500 e Dow Jones pondo fim a uma série de sete altas seguidas nesta terça-feira, caindo no final da sessão em meio a crescente incerteza sobre a capacidade de se romper um impasse em Washington em relação a um novo pacote de ajuda fiscal no país.

No começo da tarde, o S&P 500 bateu a máxima da sessão, de 3.181,01 pontos, ficando a apenas 0,15% de seu recorde de fechamento (de 3.386,15 pontos) e a 0,37% de seu pico intradiário (de 3.393,52 pontos), ambos registrados em 19 de fevereiro.

Mas o índice caiu no decorrer da tarde. O movimento sucedeu a comentários do líder republicano do Senado dos EUA, Mitch McConnell, o qual disse à Fox News que negociadores da Casa Branca não haviam conversado na terça-feira com líderes democratas no Congresso dos EUA sobre o projeto de lei de ajuda fiscal no combate aos efeitos do coronavírus, depois que as negociações foram interrompidas na semana passada.

Investidores esperam que republicanos e democratas resolvam suas diferenças e cheguem a um acordo sobre outro programa de socorro para apoiar cerca de 30 milhões de norte-americanos desempregados, já que a batalha contra o surto do vírus está longe de terminar, com casos nos EUA ultrapassando 5 milhões na semana passada.

"Estamos sentados aqui perto das máximas de todos os tempos para o S&P 500, então qualquer manchete negativa em potencial como essa pode causar um soluço", disse Michael O'Rourke, estrategista-chefe de mercado da JonesTrading em Stamford, Connecticut.

O Nasdaq teve sua maior queda percentual diária desde 23 de julho, e investidores continuaram a se desfazer de pesos pesados do setor de tecnologia e a buscar ações com potencial maior de valorização quando a economia deixar a recessão.

Apple Inc, Amazon.com Inc e Microsoft exerceram as maiores pressões negativas no S&P 500 neste pregão. Os segmentos financeiro e industrial, que tiveram desempenho inferior a outros setores neste ano, responderam pelas duas únicas altas de índices setoriais no dia.

O Dow Jones caiu 0,38%, para 27.686,91 pontos, o S&P 500 perdeu 0,80%, para 3.333,69 pontos. E o Nasdaq Composite recuou 1,69%, para 10.782,82 pontos.

O índice Russell 1000 value --referência para ações com maior potencial de valorização durante estágio inicial da recuperação econômica-- subiu fortemente durante a sessão, mas terminou perto da estabilidade, superando o índice Russell 1000 growth --de papéis de empresas com maiores taxas de crescimento em lucros e receitas em comparação à média do mercado--, que caiu 1,5%.