PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Cotações

Ações europeias encerram rali de 4 dias com pressão do índice britânico FTSE

13/08/2020 13h47

Por Sruthi Shankar e Sagarika Jaisinghani

(Reuters) - As ações europeias quebraram uma sequência de ganhos de quatro dias nesta quinta-feira, com a negociação de ex-dividendos e uma libra mais forte atingindo as empresas blue-chips do Reino Unido, enquanto os investidores venderam ações de bancos e de energia que tiveram desempenho superior esta semana.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,66%, a 1.445 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,63%, a 373 pontos.

O FTSE 100, de Londres, recuou 1,5% devido a um salto na libra, que prejudicou as exportadoras, enquanto as ações de pesos pesados como AstraZeneca, BP e GlaxoSmithKline foram negociadas sem direito a pagamento de dividendo, impactando os papéis.

Invertendo uma tendência recente, os investidores preferiram bolsões dos mercados que permaneceram resilientes na esteira da crise do coronavírus, como o setor de tecnologia. Em Wall Street, a Apple caminhava para registrar 2 trilhões de dólares em capitalização de mercado. [.NPT]

Isso deixou alguns dos setores cíclicos mais expostos a uma desaceleração econômica, como bancos, petróleo e gás, mineradoras e montadoras, caindo entre 0,8% e 1,9%.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 1,50%, a 6.185 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,50%, a 12.993 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,61%, a 5.042 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,88%, a 20.257 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,62%, a 7.250 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,06%, a 4.479 pontos.

Cotações