PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Produção e vendas de aço no Brasil crescem em julho, diz IABr

14/08/2020 18h41

SÃO PAULO (Reuters) - A produção de aço bruto do Brasil no mês passado ficou próxima dos níveis anteriores à chegada da epidemia de Covid-19 no fim de março, enquanto as vendas de planos e longos no mercado interno avançaram, informou nesta sexta-feira a entidade que representa as siderúrgicas do setor, IABr.

As usinas do país produziram 2,59 milhões de toneladas de aço bruto em julho, ficando próximas do patamar de 2,7 milhões de toneladas mensais do primeiro trimestre, e acima dos 2,5 milhões de julho do ano passado.

Já as vendas no mercado interno subiram 8,3% sobre um ano antes, para 1,69 milhão de toneladas, com avanço de 18,6% na comercialização de produtos laminados longos, mais usados pela construção civil, segundo os dados da entidade.

Apesar do crescimento, o setor encerrou julho ocupando 60,5% de sua capacidade instalada ante nível considerado ideal de 80% a 85%.

A indústria sofreu no período queda de 12,4% nas exportações, para 875 mil toneladas, pressionada por baixa de quase 39% nas vendas externas de produtos longos. Ante junho, a queda das exportações foi de 18,6%. Enquanto isso, as importações recuaram quase 28% em julho sobre um ano antes.

Considerando as importações e as vendas internas, o consumo aparente de aço no Brasil cresceu 4,4% em julho na comparação anual, para 1,84 milhão de toneladas.

No mês passado, o presidente-executivo do IABr, Marco Polo de Mello Lopes, afirmou que o pior momento da crise desencadeada pela pandemia na indústria siderúrgica brasileira ficou para trás e que o setor espera retomada gradual de uso da capacidade instalada nos próximos trimestres.

(Por Alberto Alerigi Jr.)