PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Opep+ se reúne para avaliar cumprimento de cortes de oferta

19/08/2020 09h53

Por Rania El Gamal e Alex Lawler e Olesya Astakhova

DUBAI/LONDRES/MOSCOU (Reuters) - Produtores de petróleo da Opep e aliados como a Rússia, um grupo conhecido como Opep+, se reúnem nesta quarta-feira para avaliar o cumprimento de um acordo de restrição da oferta que visa apoiar os preços da commodity em meio à pandemia de coronavírus.

É improvável que a Opep+ mude sua política de produção, que atualmente visa reduzir a oferta em 7,7 milhões de barris por dia (bpd), depois de cortes recordes de 9,7 milhões de bpd realizados até este mês, disseram fontes do grupo.

"A reunião será principalmente focada no cumprimento (das metas) e compensação", mais do que em ajustes ao acordo atual, disse uma fonte da Opep.

Outras fontes disseram que a reunião virtual, agendada para começar às 11h da manhã (horário de Brasília), deve mirar em particular o cumprimento do pacto por países como Iraque, Nigéria e Cazaquistão.

Outra fonte da Opep estava otimista, afirmando que os produtores poderão lidar com desafios como a crescente produção dos EUA ou da Líbia.

"Tudo ficará bem dentro da Opep+ porque todos precisam de estabilidade e visibilidade no mercado", afirmou a fonte.

Em julho, o nível de cumprimento do acordo da Opep+ ficou entre 95% e 97%, segundo fontes e um relatório preliminar visto pela Reuters.