PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Eletrobras adia cronograma de demissões sem justa causa para 2021

Custo com as demissões será de R$ 129 milhões, segundo a estatal, que prevê payback de R$ 0,51 - Reprodução
Custo com as demissões será de R$ 129 milhões, segundo a estatal, que prevê payback de R$ 0,51 Imagem: Reprodução

27/08/2020 20h17Atualizada em 28/08/2020 08h31

A Eletrobras informou hoje ter adiado um cronograma de demissões sem justa causa para a partir de 2 de janeiro de 2021, citando preocupações da sociedade e de funcionários com a pandemia de coronavírus.

Segundo comunicado da elétrica, a economia estimada em R$ 251 milhões que seria gerada com o programa de desligamentos neste ano será capturada somente em 2021.

"O custo estimado com os desligamentos será de R$ 129 milhões, proporcionando um 'payback' total de R$ 0,51", acrescentou a estatal.