PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Alemanha deve revisar para baixo projeção de crescimento para 2021 por coronavírus, dizem fontes

31/08/2020 14h14

Por Michael Nienaber

BERLIM (Reuters) - O governo alemão estima que a devastação econômica causada pela pandemia do coronavírus neste ano será um pouco menos severa do que inicialmente se temia, mas irá revisar para baixo a previsão de crescimento para o próximo ano, disseram duas fontes à Reuters nesta segunda-feira.

O ministro da Economia, Peter Altmaier, apresentará as perspectivas atualizadas para a maior economia da Europa na terça-feira, após o país ter sofrido sua pior recessão em tempos de paz no primeiro semestre do ano.

O governo afirmou em abril, no auge da pandemia, esperar que a economia se recupere com uma taxa de expansão de 5,2% em 2021, após contração recorde de 6,3% neste ano.

"A recuperação no próximo ano será um pouco menos forte do que o esperado inicialmente", disse uma fonte a par da projeção atualizada do governo, sob condição de anonimato.

Isso significa que a economia alemã provavelmente não alcançará seu nível pré-crise antes de 2022, disse uma segunda fonte.

Um porta-voz do Ministério da Economia não quis comentar.

Uma fonte da coalizão disse à Reuters na sexta-feira que o governo provavelmente revisará para cima sua projeção para a economia em 2020 para um declínio de menos de 6%. Ainda assim, essa seria a maior queda desde o fim da Segunda Guerra Mundial.

(Por Michael Nienaber)