PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Kudlow diz que EUA podem viver sem acordo para alívio de impactos do coronavírus

04/09/2020 11h51

WASHINGTON (Reuters) - O assessor econômico da Casa Branca, Larry Kudlow, afirmou nesta sexta-feira que as negociações de outro projeto de lei de alívio aos efeitos do coronavírus continuam, mas disse que os Estados Unidos podem sobreviver ao fim do ano sem outra rodada de ajuda para amenizar os problemas econômicos causados pela pandemia de coronavírus.

"Olha, podemos viver com isso. Nós absolutamente podemos viver com isso", disse Kudlow à Bloomberg TV quando questionado sobre se ficaria confortável se a Casa Branca e o Congresso não alcançarem um acordo até o fim do ano.

Kudlow acrescentou que um pacote "inteligente e bem direcionado" que inclua assistência ao emprego, financiamento para reabrir escolas e uma prorrogação dos empréstimos a pequenas empresas "seria útil".

"Nós realmente precisamos disso? Não. Não vou precondicionar nada aqui", disse ele, destacando o relatório desta sexta-feira que mostrou que a taxa de desemprego nos EUA caiu a 8,4% no mês passado, com o país criando 1,37 milhão de empregos.

"No momento a economia está em uma trajetória de recuperação autossustentável na minha opinião, e continuará a surpreender para melhor."

As negociações para um quarto pacote de estímulo estão estagnadas há semanas, e Kudlow disse que os desacordos sobre o tamanho e escopo dele são "grandes".

O Senado liderado pelos republicanos entrou em recesso sem avaliar o pacote de ajuda de outros 3 trilhões de dólares que a Câmara dos Deputados, controlada pelos democratas, aprovou em maio, bem como sem dar alternativa.

(Reportagem de Lisa Lambert e Timothy Ahmann)