PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Preços de petróleo caem 3% e recuam na semana por preocupações com demanda

04/09/2020 17h40

Por Stephanie Kelly

NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo recuaram mais que 3% nesta sexta-feira e tiveram a maior baixa semanal desde junho, com temores de uma recuperação lenta da economia da pandemia de Covid-19 gerando preocupações com uma demanda fraca pela commodity.

O petróleo Brent, referência internacional, encerrou com queda de 1,41 dólar, ou 3,2%, a 42,66 dólares por barril. O petróleo dos EUA (WTI) perdeu 1,6 dólar, ou 3,9%, e fechou a 39,77 dólares por barril.

Na semana, o Brent teve queda de 5,3%, enquanto o WTI teve baixa de 7,4%.

Os preços foram pressionados por novas quedas no mercado de ações dos EUA e por um relatório mostrando que o crescimento do emprego nos Estados Unidos perdeu mais força em agosto, à medida que acabaram auxílios financeiros do governo.

Vagas no setor não-agrícola aumentaram em 1,37 milhão no mês passado, mas o desemprego continuou a atingir 11,5 milhões de pessoas a mais que nos níveis pré-pandemia. O índice de desemprego foi 4,9 pontos percentuais superior ao registrado em fevereiro.

O índice de desemprego caiu para 8,4% no mês passado, ante 9,8% em projeções, o que para alguns analistas de mercado pode fazer o governo perder a urgência para aprovar legislação que permita estímulos econômicos adicionais.

"A esperança de mais estímulos está escapando pela janela", disse o sócio da Again Capital em Nova York, John Kilduff. "Nós precisamos ver a atividade econômica de volta para ter a demanda fluindo."

Relatório do governo dos EUA nesta semana mostrou que a demanda doméstica por gasolina caiu novamente, enquanto estoques de derivados em Cingapura superaram máximas de nove anos, segundo dados oficiais.