PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Cotações

Ações da China têm maior queda semanal em oito por disputa com EUA

Andrew Galbraith

11/09/2020 07h39

Os índices acionários da China recuperaram terreno e fecharam em alta nesta sexta-feira, embora o índice de Xangai tenha registrado a maior queda semanal em oito já que os desentendimentos com os Estados Unidos mantiveram os investidores em busca de ativos mais seguros.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, subiu 0,99%, reduzindo as perdas semanais para 3%.

O índice de Xangai teve alta 0,79%, depois de cair mais cedo 0,44%, terminando a semana com baixa de 2,83%, maior queda semanal desde meados de julho.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou na quinta-feira que o prazo para que a empresa chinesa ByteDance venda os ativos nos EUA de seu aplicativo TikTok não será prorrogado. A ByteDance tem tentado escolher um comprador para que possa finalizar um acordo até meados de setembro e cumprir a ordem de Trump para desinvestir os ativos do TikTok.

O subíndice do setor financeiro caiu 0,22%, o de consumo ganhou 1,53%, o imobiliário perdeu 1,22% e o subíndice de saúde teve alta de 1,79%.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,74%, a 23.406 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,78%, a 24.503 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,79%, a 3.260 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,99%, a 4.627 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,01%, a 2.396 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,12%, a 12.675 pontos.

. Em SINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,08%, a 2.490 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,83%, a 5.859 pontos.

Cotações