PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Barclays supera previsões de lucro no 3º tri

23/10/2020 09h06

Por Lawrence White e Iain Withers

LONDRES (Reuters) - O Barclays divulgou nesta sexta-feira resultados mais fortes do que o esperado no terceiro trimestre, graças à melhora na unidade de varejo do banco, enquanto o presidente-executivo, Jes Staley, disse que pretendia ficar por mais dois anos.

Tem havido especulação sobre o futuro de Staley desde que o Barclays divulgou em fevereiro que os reguladores britânicos lançaram uma investigação sobre as conexões anteriores de Staley com o financista falecido e criminoso sexual condenado Jeffrey Epstein, que ainda não foi concluída.

Staley, que foi nomeado CEO em 2015, disse que lamenta ter tido qualquer relacionamento com Epstein.

"Acho que ficaremos aqui por mais alguns anos", disse Staley a repórteres em uma teleconferência na sexta-feira.

O Barclays é o primeiro grande banco britânico a publicar os resultados do terceiro trimestre e analistas e investidores estão observando os resultados em busca de quaisquer sinais de uma onda esperada de empréstimos inadimplentes devido às consequências da pandemia de Covid-19.

O Barclays relatou lucro antes de impostos de 1,1 bilhão de libras esterlinas (1,4 bilhão de dólares) nos três meses até o final de setembro, quase o dobro dos 507 milhões de libras que os analistas previam.

"Embora esses resultados não sejam exatamente bonitos, eles são muito menos feios do que temíamos que fossem", disse Nicholas Hyett, analista de ações da Hargreaves Lansdown.

O banco registrou 608 milhões de libras em provisões para potenciais perdas com empréstimos e outras despesas, uma queda de 63% em relação ao trimestre anterior e bem abaixo do montante de 1 bilhão de libras que os analistas esperavam.

No entanto, o Barclays disse que estava considerando novas medidas de corte de custos, o que poderia resultar em mais encargos.

A divisão de varejo, cartões e pagamentos do banco teve um lucro de 165 milhões de libras no trimestre, após prejuízo no segundo trimestre, conforme os gastos com cartão de crédito nos Estados Unidos se recuperaram.

A receita de sua divisão de mercados, que se beneficiou de negociações frenéticas em meio a mercados voláteis em todo o mundo, aumentou 29% em relação ao ano anterior, para 1,69 bilhão de libras. A receita com negociação de ações saltou 40%, para 691 milhões de libras, enquanto as receitas com renda fixa, moedas e commodities subiram 23%, para 1 bilhão de libras.