PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Alguns membros do BC do Japão pedem avaliação sobre resposta à Covid-19, mostra ata

04/11/2020 08h57

Por Leika Kihara

TÓQUIO (Reuters) - Algumas autoridades do banco central do Japão pediram maior avaliação sobre como lidar com as consequências da pandemia de coronavírus uma vez que a perspectiva econômica permanece altamente incerta, mostrou ata da última reunião de política monetária nesta quarta-feira.

Muitos na diretoria formada por nove membros concordaram que a manutenção da política monetária ultrafrouxa foi suficiente por enquanto para aliviar o impacto econômico da pandemia, mostrou o documento.

Mas alguns viram a necessidade de debater como o Banco do Japão pode reformar sua política em uma época em que a população precisa equilibrar a necessidade de conter o vírus e sustentar a atividade econômica.

"Um membro disse que será necessário reavaliar a estratégia (do Banco do Japão) em relação a atingir sua meta de preço", já que a meta se torna cada vez mais esquiva, mostrou a ata.

Outro membro disse que o Banco do Japão deveria discutir como a política monetária pode ajudar a lidar com os problemas estruturais que o Japão enfrenta, como a necessidade de digitalizar sua economia e conter as perdas de empregos.

O Banco do Japão manteve a política monetária em setembro, depois de já ter elevado o estímulo duas vezes este ano para aliviar os apertos de financiamento corporativo e estabilizar os mercados financeiros.