PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Crescimento da indústria da China atinge máxima em uma década em novembro, mostra PMI do Caixin

01/12/2020 07h39

PEQUIM (Reuters) - A atividade do setor industrial da China acelerou no ritmo mais forte em uma década em novembro, mostrou nesta terça-feira a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês), conforme a segunda maior economia do mundo se recupera para níveis pré-pandemia.

O PMI de indústria do Caixin/Markit subiu a 54,9 de 53,6 em outubro, permanecendo bem acima da marca de 50 que separa crescimento de contração pelo sétimo mês seguido.

Analistas consultados pela Reuters projetavam recuo para 53,5.

Desde que a Covid-19 paralisou a economia mais cedo neste ano, a China viu uma forte recuperação da atividade, ajudada por medidas de contenção ao vírus, ações de estímulo, exportações fortes de produtos médicos e demanda reprimida.

A leitura do PMI do Caixin foi a mais alta desde novembro de 2020, e foi divulgada após índice oficial da indústria, que foca mais em empresas maiores e estatais, ter subido no ritmo mais rápido em mais de três anos.

"A indústria continua a se recuperar e a economia cada vez mais retorna à normalidade uma vez que diminuem as consequências domésticas da epidemia de Covid-19", disse Wang Zhe, economista sênior do Caixin Insight Group, em nota.

(Reportagem de Gabriel Crossley)