PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Ladrões de banco atacam em cidade do Pará e enfrentam polícia nas ruas

02/12/2020 12h00

Por Gabriel Stargardter

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Mais de vinte ladrões armados invadiram um banco da cidade de Cametá, no Pará, nesta quarta-feira, fazendo reféns, trocando tiros com a polícia nas ruas e matando uma pessoa antes de fugirem em um comboio de veículos.

O ataque, ocorrido nas primeiras horas da manhã, foi o segundo assalto do tipo no mesmo número de dias no país, assinalando um agravamento na escala, na organização e na agressividade dos assaltos a banco.

No ataque desta quarta-feira, um grupo de homens munidos de armas de alto calibre invadiu uma agência do Banco do Brasil, informou a Secretaria Estadual de Segurança do Pará.

Imagens publicadas em redes sociais mostraram uma troca de tiros nas ruas da cidade. Os assaltantes mataram um refém durante a ação, acrescentou a secretaria, e outro morador foi baleado na perna e está em condição estável no hospital.

"Oramos que Deus conforte a família do jovem que perdeu a vida", escreveu o prefeito de Cametá, Waldoli Valente, no Facebook.

A Secretaria de Segurança disse que encontrou um veículo de fuga abandonado fora da cidade com explosivos no interior. Agora a cidade está calma, acrescentou, e reforços policiais estão chegando por avião e barco.

Não ficou claro de imediato quantos reféns foram feitos ou se todos foram libertados. As autoridades tampouco disseram quanto dinheiro foi roubado do banco.

O ataque em Cametá ocorreu um dia depois de um assalto semelhante em Criciúma, em Santa Catarina.