PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Cooxupé recebe recorde de 8,1 mi sacas de café em 2020, acima do esperado

03/12/2020 17h17

SÃO PAULO (Reuters) - A Cooxupé registrou um recebimento recorde de 8,1 milhões de sacas de 60 kg de café arábica em 2020, volume que supera com alguma folga as expectativas da maior cooperativa de cafeicultores do Brasil para a temporada.

Mesmo em um ano de alta no ciclo de produção bienal do arábica, a Cooxupé esperava receber até 7,81 milhões de sacas, segundo projeções de setembro. No início do ano, a previsão era ainda menor, de 7,1 milhões de sacas.

O volume recebido indica um aumento de quase 60% ante o total registrado em 2019, ano de baixa da safra do arábica, quando a cooperativa recebeu 5,1 milhões de sacas.

Em comunicado publicado nesta quinta-feira, a cooperativa disse que o recebimento de café proveniente dos próprios cooperados ficou 1,1 milhão de sacas acima das expectativas iniciais, que eram de 5,6 milhões de sacas, diante de uma produção de 10,3 milhões.

"Se a Cooxupé fosse um país produtor de café, essas 8,1 milhões de sacas nos colocariam em quinto lugar no mundo todo", afirmou o presidente da cooperativa, Carlos Augusto Rodrigues de Melo, acrescentando que o resultado reflete uma "relação de confiança" entre a entidade e os cooperados.

Ele destacou ainda que a comercialização ocorreu em linha com a entrada da commodity, o que faz com que 80% do volume reportado já esteja vendido e que, apesar do recebimento recorde, os estoques da cooperativa não estejam elevados.

"Os estoques da Cooxupé não estão altos nem mesmo com esta quantidade significativa de recebimento. Recebemos muito, mas comercializamos muito também", disse Melo, ressaltando o atendimento à demanda dos clientes internacionais.

Até o momento deste ano, a Cooxupé embarcou 5,097 milhões de sacas para os mercados brasileiro e internacional, segundo a cooperativa, que atua no Sul e Cerrado de Minas Geral e na média mogiana paulista.

O volume recebido pela Cooxupé em 2020 representa mais de 17% de toda a safra de café arábica do Brasil no ano, considerando estimativa de setembro da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), de 47,4 milhões de sacas.

(Por Gabriel Araujo)