PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Vendas de soja 20/21 do Brasil avançam para recorde de 56,3% da safra, diz Datagro

09/12/2020 12h14

SÃO PAULO (Reuters) - A comercialização da safra de soja 2020/21 do Brasil atingiu 56,3% da produção esperada até o dia 4 de dezembro, alta de 2,9 pontos percentuais na comparação mensal, para um volume estimado de 75,95 milhões de toneladas, apontou nesta quarta-feira a Datagro.

Apesar de um menor ritmo ante aumentos mensais anteriores, o nível de vendas segue em patamar recorde para o período, ficando muito acima do marco anterior de 2016 de 45,5%, além do ano anterior (38,3%) e da média de cinco anos, que é de 34% para esta época, conforme dados da consultoria.

"A alta dos preços ocorrida em novembro, e que também repercutiu parcialmente nos preços futuros, fez com que os produtores avançassem um pouco mais na comercialização da safra 2020/21. Mas, a exemplo do mês passado, em proporção bem modesta, em função do nível já fortemente elevado de vendas para o período", disse o coordenador da Datagro Grãos, Flávio Roberto de França Junior, em nota.

O patamar recorde de vendas antecipadas da safra, que começa a ser colhida em janeiro, tem preocupado alguns integrantes do setor sobre questões relacionadas ao cumprimento de contratos, na eventualidade de uma quebra acentuada da produção, conforme expressado em evento nesta quarta-feira.

Já a Datagro citou em nota que os negócios com a oleaginosa da safra 2019/20 também seguem recordes para o período, mas com avanço mensal de apenas 0,6 ponto percentual, abaixo do padrão de 1,6 ponto, com 99,3% de comprometimento pelos produtores brasileiros, ou seja, 126,53 milhões de toneladas.

Além disso, as vendas da safra velha neste momento estão também muito acima dos 94,6% da média de cinco anos para o período. 

MILHO

As vendas do milho de verão da safra 2019/20 no centro-sul do Brasil avançaram 1,2 ponto percentual ao longo do mês de novembro, abaixo da média de 1,8 ponto para o período, e o comprometimento chegou a 98,4% da safra, sobre 91% do mesmo período do ano passado e também acima da média de cinco anos (94,8%).

Já a comercialização antecipada da safra 2020/21 do cereal no centro-sul aumentou 2,1 pontos percentuais, com 23,3% do cereal compromissado pelos produtores, ante 11% do mesmo período de 2019 e da média de 6%.

O comprometimento da safra de inverno 2020 no centro-sul do país avançou para 90,6%, sobre 87,5% no último mês, e também acima dos 89% do igual momento de 2019 e da média histórica de 84,8%.

A safra 2021 do cereal de inverno atingiu comercialização de 41% pelos produtores, contra 38,7% no mês anterior, acima dos 29% em 2019 e dos 19,4% da média de cinco anos, segundo os números da Datagro.

(Por Roberto Samora; Edição de Luciano Costa)