PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Com tímida realização de lucros, Ibovespa caminha para nova alta semanal

11/12/2020 12h01

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O tom negativo prevalecia na bolsa paulista nesta sexta-feira, com o exterior corroborando movimentos de realização de lucros, embora tímidos, após o Ibovespa superar os 115 mil pontos na véspera pela primeira vez desde fevereiro.

Mesmo com o declínio, o Ibovespa continua na direção de mais um ganho semanal, o sexto consecutivo, o que não acontece desde as seis semanas seguidas de alta entre o final de 2018 e começo de 2019.

Às 11:44, o Ibovespa caía 0,53 %, a 114.516,26 pontos, contabilizando alta semanal de 0,67%. O volume financeiro 7,2bilhões de reais.

"Apesar da continuidade de notícias positivas sobre o avanço da vacina contra o covid-19 no mundo, o mercado financeiro segue sem tração nesta manhã", afirmaram analistas da Mirae Asset em comentários a clientes.

Eles citam como fatores para o viés de baixa em praças acionárias no exterior dificuldades de aprovação do Brexit e aumento de casos de Covid-19 no Hemisfério Norte, enquanto um novo pacote de estímulos nos EUA continua em discussão.

Wall Street abriu com o sinal negativo, seguindo a trajetória dos pregões europeus. Na Ásia, o índice de blue-chips da China registrou a maior perda semanal em 11 semanas.

O fluxo de notícias está relativamente fraco nesta sessão, observou a equipe da Tullett Prebon Brasil, avaliando que o mercado brasileiro deve seguir o viés externo e ajustar um pouco o rali recente.

Em dezembro, a alta do Ibovespa alcança cerca de 5%.

DESTAQUES

- PETROBRAS PN e PETROBRAS ON perdiam 1,08% e 1,27%, respectivamente, em meio a ajustes após fortes ganhos na véspera, seguindo a fraqueza do petróleo no exterior. A empresa anunciou que pagará dividendos de 2019 a partir de terça-feira. PETRORIO ON caía 3,38%.

- CSN ON cedia 2,14%, entre as maiores quedas do Ibovespa, após renovar máximas históricas na quinta-feira, na esteira de projeções positivas da empresa, além de sinalização sobre o IPO da unidade de mineração para janeiro.

- VALE ON subia 0,19%, com nova alta dos preços futuros do minério de ferro na China. Siderúrgicas chinesas pediram nesta sexta-feira a reguladores que investiguem o recente salto nos preços do minério de ferro e enfrentem eventuais irregularidades no mercado.

- ITAÚ UNIBANCO PN caía 0,49%, em meio a movimentos de realização de lucros, com BRADESCO PN em baixa de 0,71%, enquanto BANCO DO BRASIL ON subia 1,85%, após evento com analistas e investidores na véspera no qual sinalizou medidas em busca de melhorar a rentabilidade.

- ELETROBRAS ON ganhava 6,14%, ampliando o avanço em dezembro, que supera 25%. Mais cedo nesta semana, o BTG Pactual publicou relatório recomendando a compra das ações, citando reviravolta operacional "sem precedente" e potencial valor significativo no caso de privatização.

- CIELO ON subia 1,56%, no segundo pregão seguido de alta, enquanto ainda acumula perda de mais de 50% em 2020.

- COGNA ON avançava 1,53%, no último pregão antes de evento da empresa de educação com analistas e investidores na segunda-feira. Analistas do Bradesco BBI esperam que o evento traga mais clareza a respeito da reestruturação presencial da Kroton. YDUQS ON perdia 3,73%.