PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Térmica de fundo do BTG Pactual converterá turbinas para operar 100% com gás

17/12/2020 17h12

SÃO PAULO (Reuters) - A termelétrica Ponta Negra, de uma empresa controlada por um fundo do BTG Pactual, contratou o grupo finlandês Wärtsilä para processo de conversão de suas turbinas para operar 100% com gás natural, ao invés de óleo diesel e gás.

A fornecedora europeia disse que o negócio foi assinado junto à Gera Amazonas, do fundo de investimento em participações (FIP) Vulcan, e prevê início dos trabalhos em 2021, com conclusão em 2022.

A termelétrica, localizada em Manaus, funciona atualmente com cinco motores a gás e diesel da própria Wärtsilä, e passará por conversão para equipamentos a gás, o que também permitirá um aumento da capacidade dos atuais 85 megawatts para 91 megawatts, acrescentou a fabricante.

Ao funcionar 100% com gás natural, a usina térmica ainda conseguirá uma redução de 35 mil toneladas em emissões de carbono equivalentes (mtcde) por ano, "o equivalente à poluição de 7,6 mil carros", de acordo com cálculos da Wärtsilä.

A usina, que está em funcionamento desde 2006, tem operação e manutenção a cargo da própria fabricante dos equipamentos. O acordo de serviços será atualizado para que possa ser aplicado às turbinas com nova tecnologia, segundo a empresa.

O movimento da termelétrica controlada pelo BTG vem em momento em que o governo brasileiro busca incentivar o uso de gás natural, alvo do programa federal Novo Mercado de Gás.

O Ministério de Minas e Energia inclusive prevê a realização em 2021 de leilão de energia que terá como um dos principais objetivos a substituição de antigas usinas a óleo por instalações mais modernas movidas a gás.

(Por Luciano Costa)