PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Rússia mantém juros básicos em mínima recorde de 4,25%

18/12/2020 08h52

MOSCOU (Reuters) - O banco central da Rússia manteve sua taxa de juros em uma mínima recorde de 4,25% nesta sexta-feira, após um salto recente na inflação, mas disse que vai avaliar se há potencial para juros mais baixos.

A decisão de deixar a taxa básica inalterada ficou de acordo com uma pesquisa da Reuters que previa que a Rússia manteria o custo dos empréstimos em seu nível atual devido a um aumento nos preços ao consumidor após queda do rublo.

"Dada a alta heterogeneidade das tendências econômicas e de movimento de preços atuais, o Banco da Rússia avaliará os desenvolvimentos subsequentes e a existência de potencial para redução adicional da taxa básica", disse o banco central.

Juros mais baixos sustentam a economia por meio de empréstimos mais baratos, mas também podem aumentar a inflação, o principal foco do banco central, e tornar o rublo mais vulnerável a choques externos.

(Por Andrey Ostroukh, Gabrielle Tétrault-Farber, Elena Fabrichnaya, Alexander Marrow)