PUBLICIDADE
IPCA
+0,25 Jan.2021
Topo

Mercados têm pior semana desde outubro com temores sobre vacina e volatilidade

A distribuição lenta de vacinas contra a covid-19 e o frenesi no trading de varejo balançaram o mercado financeiro - Torsten Silz / AFP
A distribuição lenta de vacinas contra a covid-19 e o frenesi no trading de varejo balançaram o mercado financeiro Imagem: Torsten Silz / AFP

Sruthi Shankar

29/01/2021 14h52

As ações europeias caíram nesta sexta-feira e registraram seu pior desempenho semanal desde outubro, em meio a preocupações em torno da distribuição lenta de vacinas contra a covid-19 e depois que um frenesi no trading de varejo balançou Wall Street.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 1,95%, a 1.524 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 1,87%, a 396 pontos, devolvendo todos os ganhos de janeiro e fechando a semana com queda de 3,1%.

O mercado de ações dos EUA, já aparentando estar sobrevalorizado depois de um rali liderado por estímulos no ano passado, foi sacudido esta semana por ganhos acentuados em ações extrememente vendidas, incluindo Gamestop e AMC Entertainment, depois que os operadores de varejo entraram nelas.

As preocupações com o potencial dano econômico de uma nova cepa do coronavírus na Europa e os atrasos na distribuição de vacinas também abalaram o sentimento nos últimos dias.

O órgão regulador europeu de medicamentos aprovou a vacina da AstraZeneca e da Universidade de Oxford contra a Covid-19 para maiores de 18 anos, a terceira vacina liberada para uso na União Europeia.

A Europa precisa urgentemente de mais doses para acelerar seu programa de inoculação, com a AstraZeneca, a Pfizer e a Moderna enfrentando dificuldades para entregar as remessas de vacinas para o bloco.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 1,82%, a 6.407,46 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 1,71%, a 13.432,87 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 2,02%, a 5.399,21 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 1,57%, a 21.572,53 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 2,21%, a 7.757,50 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 1,26%, a 4.794,55 pontos.