PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

SP suspende fechamento de restaurantes e shoppings aos fins de semana

03/02/2021 13h21Atualizada em 03/02/2021 17h39

SÃO PAULO (Reuters) - O governo do Estado de São Paulo suspendeu nesta quarta-feira o fechamento de estabelecimentos como restaurantes, shoppings e comércio não essencial durante os fins de semana, medida que havia sido adotada para frear a disseminação da covid-19.

As restrições para o consumo local em bares, entretanto, serão mantidas, informou o governo estadual.

Em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, o governador João Doria (PSDB), disse que a decisão de suspender a restrição foi tomada após a melhora de indicadores da pandemia no Estado.

"Tivemos felizmente queda no número de internações em todo o Estado de São Paulo, tanto em leitos primários quanto em leitos de unidade de terapia intensiva, de UTI, o que nos permite suspender a decisão de fechamento de atividades econômicas já neste final de semana em todo o Estado de São Paulo", disse Doria, acrescentando que a redução nas internações foi de 11%.

Ao mesmo tempo, o governador disse que medidas de prevenção da Covid-19 como uso de máscaras e distanciamento físico seguem sendo obrigatórias no funcionamento desses estabelecimentos.

A secretária de Desenvolvimento Econômico do Estado, Patricia Ellen, explicou que o alívio das restrições não incluirá os bares.

"Um bar que opere como restaurante também pode funcionar nesse fim de semana, mas a função bar sozinha, não. Todo o resto pode funcionar", explicou.

A mudança não altera a classificação das regiões do Estado por cores de acordo com a situação local. Na capital, que está na Fase Laranja, por exemplo, restaurantes e shoppings têm de fechar às 20h todos os dias. Em cidades que estão na Fase Vermelha, todos as atividades que não são consideradas essenciais precisam permanecer fechadas.

(Por Eduardo Simões)

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do informado no título anterior deste texto, as restrições para o consumo local em bares serão mantidas. A informação foi corrigida.