PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Cotações

Como a GameStop perdeu a oportunidade de capitalizar o salto de suas ações

Loja da GameStop - SOPA Images/SOPA Images/LightRocket via Gett
Loja da GameStop Imagem: SOPA Images/SOPA Images/LightRocket via Gett

Por Jessica DiNapoli e Svea Herbst-Bayliss e Joshua Franklin

11/02/2021 10h04

(Reuters) - A GameStop decidiu que não aproveitaria o salto de suas ações causado pelo Reddit para vender centenas de milhões de dólares em papéis por causa de restrições regulatórias, de acordo com três pessoas familiarizadas com as deliberações internas da varejista de videogames dos Estados Unidos.

A empresa sediada em Grapevine, no Texas, se viu no epicentro de um frenesi sem precedentes no mês passado, quando investidores de varejo se organizaram em redes sociais como o Reddit para combater fundos de hedge de Wall Street que apostavam contra as ações.

O valor de mercado da GameStop disparou de US$ 1,4 bilhão em 11 de janeiro para um pico de US$ 33,7 bilhões no dia 28.

Nesse momento, a GameStop poderia ter gerado centenas de milhões de dólares por meio de uma venda de ações para pagar sua dívida, que totalizava US$ 216 milhões líquidos no final de outubro, e financiar sua transformação em um serviço digital, conforme as vendas em suas lojas físicas diminuem.

Ainda assim, a GameStop não vendeu ações, disseram as fontes, apesar de ter sido instigada por muitos especialistas de Wall Street a fazê-lo. Embora ainda possa vender ações nas próximas semanas, a oportunidade de levantar centenas de milhões de dólares agora caiu com a reversão do movimento de suas ações.

A companhia agora tem um valor de mercado de US$ 3,6 bilhões.

A GameStop avaliou a possibilidade de vender ações durante a alta, disseram as fontes. A empresa já havia se registrado na SEC (Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos) para vender US$ 100 milhões em ações em dezembro, opção que não exerceu, acrescentaram as fontes.

A GameStop decidiu que estava restrita aos regulamentos financeiros dos EUA de vender ações porque possuía informações significativas sobre suas finanças que ainda não estavam disponíveis ao público, disseram as fontes. A SEC exige que as empresas liberem essas informações ao realizar vendas de ações.

As informações referem-se ao quarto trimestre fiscal da empresa, que terminou no final de janeiro. Quando suas ações decolaram na segunda quinzena de janeiro, os executivos da empresa já haviam compilado dados e tinham uma imagem clara de como seria o trimestre, disseram as fontes.

A GameStop poderia ter prosseguido com uma venda de ações divulgando seu balanço preliminar. Mas tal movimento, realizado com o propósito de uma venda de ações, veio com obstáculos logísticos significativos e um risco regulatório que a empresa não estava disposta a aceitar, disse uma das fontes.

A SEC disse que examinaria como as empresas aproveitaram a volatilidade das negociações para vender ações e pediu que fornecessem mais informações aos investidores sobre potenciais riscos.

Um porta-voz da GameStop não quis comentar. A SEC não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

"Eles estavam com dois meses e meio de trimestre quando tudo isso aconteceu. É tão no final do trimestre que de uma perspectiva legal e de governança corporativa, eles provavelmente seriam obrigados a anunciar previamente algumas informações financeiras de alto nível para o período. E isso não pode ser preparado em apenas uma semana", disse David Erickson, professor de finanças da Wharton School da Universidade da Pensilvânia e ex-executivo do Barclays.

(Por Jessica DiNapoli em Nova York, Svea Herbst-Bayliss em Boston e Joshua Franklin em Miami)

Cotações