PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Reino Unido sofrerá impacto muito maior no PIB por Brexit do que UE, diz Comissão

11/02/2021 08h56

BRUXELAS (Reuters) - A saída do Reino Unido da União Europeia custará ao bloco cerca de 0,5% do crescimento econômico nos próximos 24 meses, mas o Brexit será mais de quatro vezes mais doloroso para os britânicos, disse a Comissão Europeia nesta quinta-feira.

O Reino Unido deixou a UE no final de janeiro do ano passado, mas manteve o acesso total ao mercado único do bloco de 27 nações até o final de 2020, quando ele foi substituído por um acordo comercial.

"Para a UE, em média, a saída do Reino Unido da União Europeia nos termos do Acordo de Livre Comércio deve gerar uma perda de produção de cerca de 0,5% do PIB até o final de 2022, e de cerca de 2,25% para o Reino Unido," disse a Comissão.

O acordo comercial UE-Reino Unido cobre bens, serviços, investimento, concorrência, subsídios, transparência tributária, transporte aéreo e rodoviário, energia e sustentabilidade, pesca, proteção de dados e coordenação da seguridade social.

No comércio de bens, o acordo estabelece tarifas zero e cotas zero para todos os bens que cumpram as regras de origem apropriadas -- uma opção mais favorável ao comércio do que os termos comerciais padrão sob as regras da Organização Mundial do Comércio (OMC).

Mas a Comissão também disse que embora não haja tarifas e cotas sobre bens, há barreiras não tarifárias significativas para o comércio de bens e serviços.

"Em suma, embora o pacto melhore a situação em comparação com um resultado sem acordo comercial entre a UE e o Reino Unido, ele não pode chegar perto dos benefícios das relações comerciais proporcionadas pela adesão à UE", disse a Comissão.