PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

S&P vai a 4 mil pontos com força da tecnologia e otimismo com reabertura

01/04/2021 10h42

Por Devik Jain e Medha Singh

(Reuters) - O S&P 500 ultrapassou a marca de 4 mil pontos nesta quinta-feira pela primeira vez na história, com as ações de tecnologia, lideradas por fabricantes de chips, subindo após uma perspectiva promissora da Micron, enquanto o otimismo com o crescimento econômico dos Estados Unidos elevava a confiança.

Sete dos 11 setores do S&P operavam em alta, com as ações de tecnologia e serviços de comunicação ganhando mais de 1,5%.

O aumento da vacinação e o estímulo fiscal massivo nos EUA estão impulsionando uma recuperação no mercado de trabalho, o que ajuda os investidores a deixar de lado dados que mostraram um aumento no número de norte-americanos entrando com pedidos de auxílio-desemprego na semana passada.

Um importante relatório mensal de empregos que será divulgado na sexta-feira pode mostrar que a economia dos EUA criou 647 mil empregos no mês passado, após um salto de 379 mil em fevereiro.

A Micron Technology avançava 4,8% depois que a fabricante de chips previu uma receita para o terceiro trimestre do ano fiscal acima das estimativas de Wall Street devido à maior demanda por chips de memória, graças aos smartphones 5G e softwares de inteligência artificial.

O S&P 500 atingiu um pico intradiário na quarta-feira, quando o presidente norte-americano Joe Biden revelou um plano de mais de 2 trilhões de dólares para reconstruir a maior economia do mundo.

Às 11:10 (horário de Brasília), o índice Dow Jones subia 0,19%, a 33.044 pontos, enquanto o S&P 500 ganhava 0,673313%, a 4.000 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançava 1,63%, a 13.462 pontos.