PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

Europeus discriminam índios por não comprarem produção deles, diz Bolsonaro

29/04/2021 21h57

Por Ricardo Brito

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira que europeus discriminam indígenas brasileiros por não comprarem produtos agrícolas produzidos por eles e, novamente, defendeu a possibilidade de os índios desenvolverem atividades econômicas dentro de suas reservas.

"Olha a discriminação do europeu, não come o que eles produzem porque não quer ver o progresso deles", afirmou Bolsonaro em sua transmissão semanal ao vivo pelas redes sociais.

Na transmissão realizada ao lado do presidente da Funai, o delegado Marcelo Xavier, o presidente disse que é "interesse nosso" que os "nossos irmãos índios" se integrem na sociedade.

Segundo Bolsonaro, indígenas não podem continuar vivendo no seu território como se não tivessem liberdade. O presidente também levou dois indígenas que defenderam o direito de explorar suas terras para a produção agrícola, por exemplo.

O presidente da Funai disse ser possível haver convergência para a possibilidade de haver mineração em terras indígenas e defendeu dar aval aos povos para explorarem atividades econômicas em suas terras para terem seu sustento.

Citando o exemplo de Roraima, Estado que não é autossuficiente em energia elétrica, Bolsonaro comentou que é possível que indígenas gerem energia a partir dos rios, o que poderia resolver o problema na região.