PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Ações europeias fecham abaixo de máxima recorde com perdas de mineradoras compensando rali da tecnologia

25/05/2021 13h51

Por Sruthi Shankar e Ambar Warrick

(Reuters) - As ações europeias fecharam estáveis nesta terça-feira, com um acordo imobiliário alemão de bilhões de dólares e um rali nas ações de tecnologia sendo compensados por perdas em importantes empresas de mineração devido a preocupações com os mercados chineses.

O índice FTSEurofirst 300 terminou estável, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,03%, a 445,20 pontos, depois de atingir uma máxima recorde de 447,15 mais cedo.

O DAX, da Alemanha, teve alta de 0,2%, depois de atingir um pico recorde anteriormente, impulsionado pela notícia de que o maior grupo imobiliário residencial da Europa, Vonovia, concordou em adquirir seu rival Deutsche Wohnen por cerca de 18 bilhões de euros.

As ações de tecnologia saltaram 1,3% depois que seus pares de Wall Street avançaram na véspera, em meio a nova insistência das autoridades do Federal Reserve de que a política monetária expansionista será mantida.

As mineradoras ficaram atrás de seus pares europeus, com perda de 1,7%, já que a China disse que fortalecerá os controles de preços sobre as principais commodities, após alertar contra a especulação para esfriar um forte rali nos preços das commodities industriais.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,31%, a 7.029,79 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,18%, a 15.465,09 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,28%, a 6.390,27 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,01%, a 24.892,90 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,03%, a 9.208,70 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,20%, a 5.211,13 pontos.

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 56447723))

REUTERS LB CMO