PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Visco diz que BCE vai se opor a qualquer aumento injustificado dos juros

31/05/2021 10h24

Por Giuseppe Fonte e Gavin Jones

ROMA (Reuters) - As perspectivas de recuperação econômica na zona do euro permanecem incertas, e o Banco Central Europeu (BCE) irá combater qualquer forte aumento dos juros que não seja justificado pelas condições econômicas, disse o membro do conselho do banco central, Ignazio Visco, nesta segunda-feira.

Visco, que também é presidente do banco central italiano, disse em um discurso em Roma que a crise financeira de 2008-2009 havia mostrado os riscos de uma retirada prematura dos estímulos monetários.

Na situação atual, "a incerteza sobre o momento e a força da recuperação exigem que as condições financeiras permaneçam favoráveis por muito tempo", disse em seu discurso anual de abertura.

"Os aumentos significativos e persistentes nas taxas de juros não se justificam pelas atuais perspectivas econômicas e serão combatidos", disse Visco, acrescentando que o BCE está pronto para "utilizar plenamente o seu já definido programa de compra de títulos".

Visco pediu que o BCE adote uma meta de inflação simétrica de 2%, dizendo que isso seria "mais claro" do que a meta atual de inflação próxima, mas abaixo, de 2% e que "reforçaria a ancoragem das expectativas de inflação de médio e longo prazo".

(Por Giuseppe Fonte e Gavin Jones)