PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Crescimento da indústria da China acelera em maio, mostra PMI do Caixin

01/06/2021 07h47

PEQUIM (Reuters) - A atividade industrial da China expandiu em maio no ritmo mais forte este ano com aceleração tanto da demanda doméstica quanto para exportação, embora altas fortes nos preços das matérias-primas e problemas nas cadeias de oferta tenham afetado a produção em algumas empresas, mostrou o Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) do Caixin/Markit.

O PMI de indústria subiu a 52,0 no mês passado, nível mais elevado desde dezembro e ante 51,9 em abril.

Analistas consultados pela Reuters esperavam que o índice permanecesse em 51,9. A marca de 50 separa crescimento de contração.

As novas encomendas aumentaram no ritmo mais forte até agora este ano e uma medida para encomendas de exportação chegou ao maior nível desde novembro, mas a leitura de produção, embora ainda sólida, ficou ligeiramente abaixo do mês anterior.

"O rápido aumento dos preços das commodities começou a afetar a economia já que algumas empresas começaram a armazenar produtos, enquanto outras sofreram escassez de matéria-prima. As cadeias de oferta também foram afetadas de forma significativa", disse Wang Zhe, economista sênior do Caixin Insight Group.

O subíndice de custos de insumos expandiu no ritmo mais forte desde 2016.

As indústria repassaram parte da pressão a seus clientes, com a medida dos preços de produção subindo no ritmo mais rápido em uma década.

(Reportagem de Gabriel Crossley)