PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Ministro das Finanças do Japão não espera que G7 se reúna para debater taxas de impostos específicas

01/06/2021 08h57

Por Tetsushi Kajimoto

TÓQUIO (Reuters) - Os líderes financeiros do Grupo dos Sete (G7) reduziram suas diferenças de opinião sobre a tributação global, mas é pouco provável que debatam números específicos sobre as taxas mínimas de imposto em sua reunião no fim de semana, disse o ministro das Finanças do Japão, Taro Aso.

Aso disse que está planejando uma reunião bilateral com a secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, paralelamente à reunião do G7, que acontece nos dias 4 e 5 de junho no Reino Unido, embora os detalhes não tenham sido finalizados.

Esse imposto teria como objetivo resolver o problema das empresas de grande porte que geram enormes receitas, mas pagam muito pouco imposto porque abrem escritórios para fins fiscais em jurisdições de baixa tributação.

"Não acho que a reunião de junho chegue a um debate sobre números específicos", disse Aso a repórteres após uma reunião do gabinete.

Questionado sobre a posição do Japão em relação ao imposto mínimo global e como ele abordaria a posição do Japão em uma reunião com Yellen no G7, Aso não deu mais detalhes, dizendo que o assunto não foi formalmente colocado na agenda.

No entanto, "a diferença de opiniões diminuiu em relação à tributação global", acrescentou.