PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Rali das commodities e crescimento industrial recorde elevam ações europeias a nova máxima

01/06/2021 13h28

Por Sruthi Shankar e Shreyashi Sanyal

(Reuters) - As ações europeias atingiram novas máximas recordes nesta terça-feira, com os fortes preços dos metais e do petróleo impulsionando papéis de grandes empresas ligadas a commodities, enquanto dados mostraram que a atividade industrial da zona do euro expandiu em ritmo histórico em maio.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,73%, a 1.732 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,75%, a 450 pontos.

A leitura final da IHS Markit sobre a atividade industrial da zona do euro subiu para 63,1 em maio, acima de uma estimativa preliminar de 62,8. É o maior patamar desde o início da pesquisa, em junho de 1997.

A pesquisa sugeriu que o crescimento teria sido ainda mais rápido sem gargalos na oferta que levaram a um aumento sem precedentes nos custos dos insumos.

Embora investidores temam que a inflação mais alta possa forçar o Banco Central Europeu (BCE) a reduzir suas medidas de estímulo, autoridades da instituição disseram nas últimas semanas que o aumento dos preços é transitório e reafirmaram seu apoio contínuo.

"Isso se tornará um problema quando as economias já estiverem abertas e os números continuarem mais altos. Até então, o mercado está abraçando o que estamos vendo", disse Keith Temperton, operador da Forte Securities.

Mineradoras como Anglo American, BHP Group e Glencore subiram quase 4% cada, dando o maior impulso para o STOXX 600 em meio à alta dos preços do cobre e de outros metais.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,82%, a 7.080,46 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,95%, a 15.567,36 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,66%, a 6.489,40 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,60%, a 25.321,82 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,45%, a 9.189,70 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,71%, a 5.216,79 pontos.