PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Ações europeias fecham em patamar recorde com emprego fraco nos EUA reduzindo apostas de aperto monetário

04/06/2021 14h06

Por Ambar Warrick e Sruthi Shankar

(Reuters) - As ações europeias fecharam em patmar recorde nesta sexta-feira, quando um relatório fraco de empregos nos Estados Unidos reduziu a perspectiva de um aperto precoce na política monetária, enquanto o otimismo com a recuperação econômica da zona do euro impulsionou a maioria dos setores.

O índice pan-europeu STOXX 600 valorizou-se 0,4% para uma nova máxima de fechamento de 452,57 pontos, tendo mais cedo na sessão batido a máxima histórica de 452,71 pontos. Na semana, o índice subiu 0,8%.

As ações de tecnologia subiram 1,2% e tiveram melhor desempenho no dia, lideradas pela fabricante austríaca de chips AMS. As ações da empresa subiram 4,4% após o anúncio da venda do seu negócio de sistemas digitais na América do Norte à marca norte-americana Acquity Brands.

As ações globais subiram após dados mostrarem que a criação de novos postos de trabalho nos EUA cresceu menos do que o esperado em maio, levando muitos a reduzirem as expectativas de sinais 'hawkish' (duro com a inflação) do Federal Reserve (Fed). [MKTS/GLOB]

O Fed citou a inflação e a saúde do mercado de trabalho como dois fatores-chave necessários para o aperto das políticas monetárias.

Os novos dados vieram poucos dias antes das reuniões de política do Fed e do Banco Central Europeu (BCE) na próxima semana, quando os investidores estarão atentos a indicações sobre a redução dos grandes programas de compra de títulos.

Espera-se que ambos os bancos deixem a política inalterada.

O índice FTSEurofirst 300 fechou em alta de 0,33%, a 1.742,12 pontos.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,07%, a 7.069,04 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,39%, a 15.692,90 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,12%, a 6.515,66 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,46%, a 25.570,46 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,59%, a 9.088,30 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,31%, a 5.137,29 pontos.

(Por Sruthi Shankar em Bengaluru)

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 5047 2838))

REUTERS PVB IV