PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Gargalos no fornecimento causam queda nas encomendas industriais alemãs em abril

07/06/2021 09h16

BERLIM (Reuters) - As encomendas industriais alemãs caíram inesperadamente em abril devido à queda na demanda interna, mostraram dados nesta segunda-feira, uma vez que interrupções na cadeia de suprimentos prejudicaram os fabricantes na maior economia da Europa.

A Agência Federal de Estatísticas do país informou que as encomendas de bens industriais caíram 0,2% em dado ajustado sazonalmente, a primeira queda em 2021 após três aumentos consecutivos.

A leitura foi de encontro à previsão da Reuters de um aumento de 1,0% e veio depois de um crescimento revisado para cima de 3,9% em março.

Os dados mostraram que a demanda interna diminuiu 4,3%, enquanto a demanda externa aumentou 2,7%.

Tanto os bens de consumo quanto os de capital registraram alta, enquanto os bens intermediários caíram 1%, mostraram os dados.

A economia alemã contraiu 1,8% no primeiro trimestre, uma vez que as restrições do lockdown em vigor desde novembro diminuíram os gastos das famílias e a escassez de matéria-prima criou gargalos na produção.

Carsten Brzeski, chefe global de macroeconomia do ING, vinculou a ligeira queda nos pedidos a interrupções na cadeia de suprimentos que foram acentuadas pelo bloqueio do Canal de Suez no início de abril.

"Após o início de um segundo trimestre muito decepcionante, com as vendas no varejo caindo 5,5% no comparativo mensal em abril, os dados sugerem que a recuperação esperada da economia alemã foi mais lenta que o esperado" escreveu Brzeski em nota.

(Por Joseph Nasr)