PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Encomendas industriais alemãs caem inesperadamente em maio

06/07/2021 09h31

BERLIM (Reuters) - As encomendas de produtos fabricados na Alemanha registraram em maio sua queda mais acentuada desde o primeiro lockdown em 2020, mostraram dados nesta terça-feira, prejudicadas pela demanda mais fraca de países fora da zona do euro e menos contratos para maquinário e bens intermediários.

Dados publicados pela Agência Federal de Estatísticas do país mostraram que as encomendas de bens industriais caíram 3,7% no mês em termos ajustados sazonalmente, marcando a primeira queda no volume de novos negócios neste ano.

A expectativa em pesquisa da Reuters era de um crescimento de 1%, após aumento revisado para cima de 1,2% em abril.

Uma análise dos dados mostrou que a demanda externa caiu 6,7%, com as encomendas de fora da zona do euro caindo 9,3%, enquanto a demanda interna cresceu 0,9%.

A demanda por bens de capita, como maquinário e veículos, recuou 4,6%, enquanto as encomendas de bens intermediários contraíram 3,6%, mostraram os dados. Os pedidos de bens ao consumidor aumentaram.

A economia alemã contraiu 1,8% no primeiro trimestre, uma vez que as restrições de lockdown, em vigor desde novembro, afetaram os gastos das famílias e a escassez de matéria-prima gerou gargalos na produção.

Espera-se que o relaxamento das restrições nos três meses até o final de junho tenha alimentado uma recuperação, e para o verão do hemisfério norte economistas preveem um crescimento, apesar dos gargalos de oferta estarem prejudicando a produção de muitas empresas industriais.

(Por Caroline Copley)