PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Secretária de Tesouro dos EUA alerta Congresso sobre limite de dívida

23/07/2021 15h08

WASHINGTON (Reuters) - A secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, pediu aos parlamentares nesta sexta-feira que aumentem ou suspendam o limite da dívida do país o mais rápido possível e alertou que, se o Congresso não agir até 2 de agosto, o Departamento do Tesouro precisará tomar "medidas extraordinárias" para evitar a interrupção dos pagamentos.

Em meio a uma disputa entre partidos no Congresso para aumentar o teto da dívida, Yellen disse em carta à presidente da Câmara dos Deputados, Nancy Pelosi, que a dívida pendente dos EUA chegará ao seu limite legal em 1º de agosto.

"Hoje, o Tesouro anuncia que suspenderá a venda de títulos da Série de Governo Estadual e Local (SLGS) às 12h (no horário local) do dia 30 de julho de 2021", disse Yellen na carta, que também foi enviada a outros líderes parlamentares de ambos os partidos.

A suspensão será mantida até que o teto da dívida seja suspenso ou aumentado, disse Yellen.

"Se o Congresso não tiver agido para suspender ou aumentar o limite da dívida até segunda-feira, 2 de agosto de 2021, o Tesouro precisará começar a tomar certas medidas extraordinárias adicionais para evitar que os Estados Unidos deixem de cumprir suas obrigações", acrescentou Yellen.

A dificuldade em resolver as divergências sobre se alguns cortes nos gastos públicos devem ser acompanhados de aumento do limite da dívida nacional, atualmente estabelecida em 28,5 trilhões de dólares, pode levar ao fechamento do governo federal --como já aconteceu por três vezes na última década-- ou até mesmo a uma inadimplência de pagamentos do país.

(Por Doina Chiacu e Susan Heavey)

PUBLICIDADE