PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

VLI e Bamin fecham contrato para escoamento de minério de ferro a porto na Bahia

28/07/2021 18h40

SÃO PAULO (Reuters) - A companhia de logística VLI e a mineradora Bamin informaram nesta quarta-feira que assinaram contrato para o transporte de minério de ferro da Mina de Caetité, no interior da Bahia, até o Porto TUP Enseada do Paraguaçu, litoral do Estado, visando a exportação da commodity, em operação com início já neste mês.

Segundo comunicado divulgado pela VLI, a movimentação estimada é de 490 mil toneladas de minério de ferro ao longo de 2021. A companhia acrescentou que estão sendo investidos 35,8 milhões de reais na operação.

O montante tem sido aplicado para material rodante, a reativação do terminal ferroviário de Licínio de Almeida e a construção de um terminal de transbordo ferroviário/rodoviário em Castro Alves, onde será realizada a descarga do minério de vagões e o carregamento dos caminhões que seguirão até o porto.

Na operação, a VLI é responsável pelo trecho ferroviário entre o Terminal de Licínio de Almeida e o Terminal de Petim (Castro Alves), por meio da Ferrovia Centro-Atlântica (FCA).

A empresa já operava desde o ano passado uma linha para o escoamento da produção de Caetité para Minas Gerais, visando abastecer o mercado interno, também via FCA.

"Este é um passo importante para viabilizar muitos projetos minerais existentes na Bahia, Estado que já é um dos maiores produtores minerais do país em valores totais", disse em nota o gerente-geral comercial de Siderurgia, Construção e Industrializados da VLI, Asley Ribeiro.

"Tenho convicção de que esta parceria contribuirá para o crescimento do setor mineral baiano e o avanço do transporte ferroviário da VLI no Estado por meio da Ferrovia Centro-Atlântica", acrescentou.

A VLI tem como maior acionista a mineradora Vale. Também aparecem no quadro de acionistas da companhia Brookfield, Mitsui, FI-FGTS e Brasil Port Holdings.

(Por Gabriel Araujo)

PUBLICIDADE