PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

BOLSA EUROPA-Ações recuam na sessão, mas engatam 6º mês de ganhos

30/07/2021 13h39

Por Sruthi Shankar e Shreyashi Sanyal

(Reuters) - As ações europeias caíram de máximas recordes nesta sexta-feira, já que preocupações com a rápida disseminação da variante Delta e medidas regulatórias na China sobrepujaram o otimismo em torno da temporada de balanços trimestrais e da recuperação econômica.

O índice pan-europeu STOXX 600 caiu 0,5%, mas acumulou alta pelo sexto mês consecutivo em julho, mais longa sequência de ganhos desde 2012-13, quando subiu por 12 meses consecutivos.

"Vimos movimentos em ambas as direções nesta semana, mas faltou qualquer tipo de convicção", disse Michael Hewson, analista-chefe de mercado da CMC Markets.

"A principal preocupação é se a segunda metade do ano será capaz de corresponder a alguns dos números decentes que vimos em vários balanços de empresas nesta semana."

Ações de viagens e lazer e de mineradoras foram os que mais caíram.

Do lado dos balanços, o italiano UniCredit ganhou 2,8%, após registrar lucro líquido acima do esperado e informar na noite de quinta-feira que iniciou negociações formais com o governo sobre a possível aquisição do rival Monte dei Paschi di Siena. As ações do Monte dei Paschi subiram 3,4%.

EssilorLuxottica teve alta de 3,4%. O fabricante do Ray-Ban aumentou sua projeção para o ano cheio, depois que a receita dobrou no segundo trimestre.

No geral, metade das empresas STOXX 600 divulgou balanços até o momento, com 67% delas registrando resultados acima das estimativas de analistas, de acordo com o Refinitiv IBES.

Ainda que essa porcentagem esteja abaixo do primeiro trimestre, quando 72% das companhias reportaram lucros acima das expectativas, ainda é superior ao número de 51% de um trimestre típico.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,65%, a 7.032,30 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,61%, a 15.544,39 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,32%, a 6.612,76 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,60%, a 25.363,02 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 1,26%, a 8.675,70 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 1,81%, a 5.026,90 pontos.

PUBLICIDADE