PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Variante Delta e problemas de oferta prejudicam atividade empresarial dos EUA em agosto, aponta PMI

23/08/2021 11h06

(Reuters) - O crescimento da atividade empresarial dos Estados Unidos desacelerou pelo terceiro mês consecutivo em agosto, já que restrições de capacidade, escassez de oferta e a rápida propagação da variante Delta do coronavírus enfraqueceram o impulso da recuperação diante da recessão induzida pela pandemia no ano passado.

A empresa de dados IHS Markit informou nesta segunda-feira que a leitura preliminar de seu índice PMI composto caiu para 55,4, mínima desde dezembro passado, de 59,9 em julho. Leitura acima de 50 indica crescimento do setor privado.

A escassez de matérias-primas e mão-de-obra agora parece estar travando a produção e também aumentando a inflação, de acordo com os dados da IHS Markit. O crescimento do volume de novos pedidos foi o mais fraco até agora neste ano, enquanto o emprego cresceu à taxa mais lenta em mais de um ano.

"Não apenas os atrasos na cadeia de oferta atingiram um novo pico recorde da pesquisa, mas a leitura de agosto viu crescentes frustrações em relação à contratação", disse Chris Williamson, economista-chefe de negócios da IHS Markit. "O crescimento do emprego caiu para o menor nível desde julho do ano passado, pois as empresas não conseguiram encontrar pessoal adequado ou os trabalhadores existentes trocaram de emprego."

A leitura preliminar do PMI do setor de serviços da pesquisa da IHS Markit caiu para 55,2, de 59,9 em julho. Economistas consultados pela Reuters esperavam leitura de 59,5.

Já o resultado preliminar do setor manufatureiro recuou para 61,2 em agosto, ante máxima recorde de 63,4 registrada em julho. Economistas previam que o índice do setor, que responde por 11,9% da economia norte-americana, cairia para 62,5.

(Por Dan Burns)

PUBLICIDADE